Informações importantes a respeito do cão Chow Chow

O surgimento do magnifico Chow Chow na História

O Chow Chow é uma das mais remotas raças de cachorros que foram criadas pelo ser humano sem que sofresse enormes alterações em suas particularidades. Existem diversos documentos históricos onde se observa alguma notícia acerca desta raça, inclusive em registros de 11.000 A.C
A sua raiz, diferente do que inúmeras pessoas creem, foi na Mongólia e não na China, isso porque especialistas asseveram que esta espécie foi desenvolvida em tribos que eram marcadas principalmente pela hostilidade, como os Mongóis.
Os chineses introduziram esta espécie em um período onde a China estava sendo invadida a todo o tempo. E eles eram chamados de cachorros de batalha, a todo o momento sendo representados como cachorros de aspecto leonino, musculosos e ainda muito poderosos. Para os mais religiosos, a escuridão que existe na cavidade bucal de um Chow Chow é um modo de manter afastados os seres malígnos.

Atributos da Raça Chow Chow

O Chow Chow é equilibrado, de aparência leonina, porte musculoso, digno e leal, contudo reservado. No geral, é muito bem-proporcionado e veloz. A despeito da fisionomia única e da bela pelagem, a língua de cor preta azulada é típica da raça.
A cabeça é larga, o stop não é muito protuberante, com a trufa longa, sempre de coloração preta, excetuando os cães de coloração creme ou praticamente brancos, nos quais a trufa de cor mais clara é admitida, não obstante a de coloração preta seja sempre favorita.
Os olhos são enegrecidos, pequenos, de formato oval. Encontram-se ainda os exemplares com a coloração da pelagem igual a seus olhos, por exemplo: cremes e azulados. Ele tem as orelhas distanciadas, bem grossas, todavia pequenas. O peito é amplo e fundo, o dorso é curto, reto, resistente e a cauda alta, bem convexa, sobre a anca.
A pelagem do Chow Chow é vasta, espessa, e pode ser alisada ou dura, sensível ao contato, com subpelo macio. Sua cor difere, tendo a possibilidade de inúmeras gradações: preto monocromático, vermelho, azul, pardo ou branco, com nuances, porém sem qualquer mancha; acima do rabo e por sobre sua coxa, a cor é, frequentemente, muito clara.

Temperamento do pet Chow Chow

Na quase totalidade das espécies, o Chow Chow detém uma personalidade bem tranquila e meiga, contudo, simultaneamente, tem um admirável impulso natural de caçador, resguarda seu proprietário com fervor, sendo inteiramente fiel a ele. É tido como altamente protetor e é capaz de, com o transcorrer do tempo, mostrar-se extremamente hostil em relação às pessoas desconhecidas ao relacionamento em família.
Para prevenir qualquer tipo de embaraço no que se refere aos convidados, você deve começar a interagi-los desde filhote com gente estranha e outros cachorros. Não é aconselhada para donos inexperientes e que não saibam lidar com sua personalidade independente e dominante. Quanto mais depressa você começar a educá-lo, mais você possuirá sucesso em treiná-lo e deixá-lo mais sociável. O Chow Chow, se não for acostumado com outros espécimes desde filhote, é capaz de se mostrar bastante agressivo e ofensivo.
Por não possuir um grande tamanho e não precisar de muito exercício físico, o Chow Chow é considerado um ótimo cachorro para apartamento, por outro lado, deve despender sua energia como qualquer outro cachorro, e neste caso, passeios constantes de coleira são sugeridos para que não tornem-se agressivos.

Benefícios de ter um cachorro Chow Chow

Geralmente os Chows são cahorros de ‘um-dono-só’ e deixam bem nítido o eleito. Com alguém desconhecido, comportam-se de maneira ainda mais fechada. Os Chow Chow não costumam ladrar, mas, no momento em que isso acontece, pode saber que tem alguma coisa que não se encontra adequada.
Seu porte físico e a pelagem numerosa não aconselha exercícios em demasia principalmente durante os períodos mais quentes do dia. Ao passo que sua língua vai se tornando mais clara, é sinal de que sentem-se esgotados e têm que descansar.
A despeito de sua pelagem extensa, não costumam cair muitos pelos ao longo do ano, por outro lado, no perído da ‘muda’, a queda é intensificada. A fim de que a pelagem se conserve saudável, é necessário cuidados adicionais com as escovações. Outra precaução essencial é no que concerne aos banhos, que não têm que ser concedidos em grande quantidade para não complicar a oleosidade original da pele.

Problemas comuns do Chow Chow

A genética do Chow Chow expõe que um dos grandes problemas de saúde do cachorro é uma inflamação no olho intitulada “Entropia”. Tal condição é provocada por uma anomalia nas pálpebras. Por causa deste motivo, o dono tem que higienizar frequentemente a área. A catarata é outra doença comum nos cachorros da raça, assim como a displasia da bacia e a luxação nos jarretes.
Inclusive, em alguns casos, pode ocorrer alguns problemas de pele e algumas adversidades hormonais.
Pelo motivo de, antigamente, o cão ter sido puxador de trenó, em certas ocasiões poderá ser difícil andar com ele pela rua, por isso é preciso o socializar, ou se não for praticável, tente passear com ele na rua em períodos que estejam poucos indivíduos passando pela rua.

Cuidados da Raça Chow Chow

É importante ensinar o Chow Chow, logo que puder, com muito carinho, paciência e indulgência, contudo a todo momento com disciplina, mostrando para ele que você é o comandante.
O estilo de pelo alisado necessita de penteação a cada semana; porém o tipo mais áspero precisa ser penteado a cada dois dias, ou todos os dias ao longo da etapa de troca dos pelos.
Escove a pelagem do seu grande amigo canino com um pente leve para retirar a pele seca e prevenir embolados futuros. Caso haja desembolados, desembole-os com os dedos antes de puxá-los com o pente, com o intuito de não lesionar o animal. E ministre banhos a cada 30 dias.
O Chow Chow pode residir dentro da casa e deitar no solo, seja da cozinha ou em uma área que ele considere agradável. O exercício faz-se necessário continuamente.
Toda a dieta do seu cachorro precisa ser efetuada com muito comedimento, integrando proteínas, hidratos, gorduras, mineirais e vitaminas. Selecione uma ração com excelente qualidade. O Chow Chow tem necessidade de sempre possuir acesso a uma tigela de comida e uma d’água.

Os Filhotes do cão Chow Chow

Na escolha dos filhotes, é crucial lembrar que, quando os filhotinhos de Chow Chow nascem, têm a língua meramente rósea, que vai escurecendo progressivamente até que se torna inteiramente “azul escuro” no momento em que eles têm oito semanas de vida.
Ainda que eles consigam ser ótimos cães de companhia, não irão poder ser expostos e nem poderão ser empregados para procriação, visto que esta é uma falta que o desclassificaria.
Por suas propriedades de temperamento, os filhotes devem ter aulas de obediência desde bastante jovem. Os filhotes não são precisamente bagunceiros ou travessos, o que pode iludir os donos quanto à necessidade do treinamento para disciplina.
Ofereça alimentos a eles até 5 vezes, diariamente, até atingir os 6 meses de vida. Daí para frente, o número precisa minimizar gradualmente, até uma refeição pela manhã e outra ao entardecer.

Curiosidades a cerca do Chow Chow

Não é possível assegurar perfeitamente as origens do Chow Chow. Os fatos mais conhecidos são: sua procedência é da China e possivelmente são originários do Mastim Tibetano.
– A espécie é chinesa, todavia Chow Chow não é uma nomenclatura da China. É um vocábulo oriundo do inglês vulgar para se aludir aos adornos e às importações asiáticas. Na China, a raça é apelidada de Songshi Quan, que quer dizer “cachorro leonino empolado” em português.
– Inclusive, dá para compreender se um Chow Chow não é pura raça investigando a coloração da sua língua. Se for mais puxado para a coloração rosa, não é uma raça pura.
Ainda por cima, é fundamental fazer a tosagem constantemente para que a pelagem não fique invadindo os olhos do cachorro e prejudicando sua visão.
Ele não é uma espécie notável em natação. Muitos são capazes de imaginar que os cachorros são ótimos mergulhadores, porém o Chow Chow é um caso à parte. Pela espessura da pelagem do Chow Chow, ela se torna mais pesada e ele não é capaz de aguentá-la à medida que vai ensopando.