3 Principais Tipos de Sistema de Segurança Eletrônica

3 Principais Tipos de Sistema de Segurança Eletrônica

Adquirir um sistema de segurança eletrônica é essencial, isso porque não existem lugares totalmente seguros nos dias de hoje. Quando se trata da segurança sua e da sua família o investimento se torna algo crucial até para garantir maior tranquilidade e proteção.

Como funciona o sistema de segurança eletrônica

camera-circuito-fechado-de-televisao

Com o sistema de segurança eletrônica, você pode detectar rapidamente ameaças em potencial e alertar rapidamente os serviços de emergência. Isso faz com que essa forma de segurança seja um acréscimo importante à segurança de sua casa, porque, que benefícios têm as proteções estruturais se os invasores tiverem todo o tempo do mundo para descobri-las?

O sistema de segurança eletrônica garante que os ladrões sejam detectados imediatamente, para que tenham menos tempo para romper as proteções de sua casa.

Principal objetivo da segurança eletrônica

Existem vários meios pelos quais o sistema de segurança eletrônica pode detectar intrusos. Existem os sensores de vibração, de quebra de vidro ou de movimento na área externa da sua residência. O principal objetivo desses sistemas é detectar os assaltantes de forma rápida e eficaz, sem falsos alarmes. Portanto, o ajuste adequado dos detectores é essencial.

Além de detectar intrusos, alertar os serviços de emergência é igualmente importante. Isso não quer dizer que os alarmes sonoros ou ópticos sejam inúteis. Usar esses sinais não só assusta os assaltantes, mas os serviços de emergência podem ver imediatamente onde o problema está ocorrendo.

Em áreas densamente povoadas, é também a melhor maneira de fazer um aviso rápido de uma ameaça em potencial.

Em uma resposta rápida da polícia ou de outros serviços de emergência, é de grande ajuda ter material de verificação visual, como imagens de câmera. A polícia só responde quando uma mensagem é autenticada. Você pode diminuir esse tempo de verificação usando uma câmera, para evitar que os ladrões realmente fujam com seus pertences.

Diferentes tipos de sistemas de segurança eletrônica

O termo Sistema de Segurança Eletrônica refere-se a um sistema de circuitos eletrônicos integrados que são usados para garantir a segurança física de uma área. Não importa de que forma existam alguns princípios-chave que eles precisam incorporar para serem eficazes.

Existem 3 tipos principais em um Sistema de Segurança Eletrônica e eles são: Sistemas de Controle de Acesso Automatizado, sistemas de Cftv (circuito fechado de televisão), e Sistemas de Monitoramento mobile através de Apps. 

  1. Sistemas automatizados de controle de acesso

controle de acesso
Como o próprio nome sugere, sistemas automatizados de controle de acesso ou sistemas de controle de acesso, regulam o acesso a áreas fazendo interface com mecanismos de bloqueio. O sistema só permitirá a entrada depois que as credenciais do visitante em questão forem verificadas.

Exemplos de tal sistema seriam portas que requerem cartões ou informações biométricas para permitir a entrada.

Esses sistemas não são apenas capazes de permitir ou negar o acesso, mas também podem manter um registro de todas as tentativas de entrar na área verificada. Eles podem até alertar as autoridades sobre tentativas não autorizadas de entrar no local. 

  1. Sistemas de circuito fechado de televisão

Este é um sistema automatizado que exibe, monitora e registra os acontecimentos na área que está sendo protegida.

Um exemplo de uso de circuito fechado de televisão, pode ser visto em agências bancarias e supermercados que tem sistemas de câmeras.

O sistema consiste em 3 componentes principais: câmeras, que são usadas para visualizar a área; gravadores (também chamados DVR – Digital Video Recorder), que são usados para gravar o vídeo que as câmeras capturam; e uma estação de trabalho, localizada em uma área de acesso remoto, onde o pessoal de segurança pode monitorar o estado da área onde está sendo realizada a vigilância.

Como funciona o CFTV – Circuito fechado de televisão

O CFTV é um sistema de monitoramento em que os sinais não são distribuídos de maneira pública. Contudo são monitorados, em especial para a vigilância e segurança. O CFTV depende do posicionamento estratégico das câmeras e da vigilância constante para se obter maior tranquilidade.

Como as câmeras se comunicam com monitores e gravadores de vídeo através de cabos coaxiais ou links de comunicação sem fio, eles ganham a designação de “circuito fechado” para indicar que o acesso ao conteúdo é limitado. Os seus sinais apenas podem ser vistos por pessoas autorizadas.

Os sistemas CFTV mais antigos usavam monitores pretos e brancos de baixa resolução sem recursos interativos. As modernas telas de CFTV são coloridas e de alta resolução e incluem a capacidade de ampliar uma imagem ou rastrear algo (ou alguém) entre seus recursos.

O Talk CFTV permite que um superintendente fale com pessoas dentro do alcance dos alto-falantes associados à câmera.

Utilidades do CFTV

  • Manter a segurança do perímetro em áreas e instalações de segurança média a alta;
  • Observar o comportamento de reclusos encarcerados e pacientes potencialmente perigosos em instalações médicas;
  • Monitoramento de tráfego urbano nas grandes cidades;
  • Supervisionar locais que seriam perigosos para um ser humano, por exemplo, ambientes industriais altamente radioativos ou tóxicos;
  • Verificação de qualquer problema de arranhão ou batida de carros em estacionamento;
  • Verificação de situação pós crime. Muitos assassinatos são solucionados graças ao sistema ativo de cftv em todo o Brasil.
  • Obter um registro visual de atividades em situações em que é necessário manter controles de segurança adequados (em lojas e supermercados por exemplo).

A CFTV está encontrando crescente uso na aplicação da lei. Desde observação de tráfego (e emissão de bilhetes automatizada) até observação de áreas de alta criminalidade ou alguns bairros.

Tal uso da tecnologia de CFTV tem alimentado preocupações com a privacidade em muitas partes do mundo, a discussão ocorre entre as pessoas que defendem o sistema para obter maior segurança e o outro lado que defende uma liberdade maior e acredita em falta de privacidade.

  1. Aplicativos mobile para monitoramento

monitoramento mobile

Descubra agora mesmo alguns aplicativos muito utilizados para monitoramento. Sua segurança na tela do seu celular.

OS Mobile

Este aplicativo permite que operadores, clientes, técnicos e atendentes sejam capazes de abrir uma ordem de serviço. Assim sendo, qualquer pessoa autorizada pode, por exemplo, fazer o registro de alguma ocorrência e/ou anexar fotografias e documentos.

VTR Mobile 

Este aplicativo foi criado para ter uma comunicação mais eficiente com atendentes nos veículos, com o intuito de agilizar o tempo de resposta do tratamento da situação reportada e, inclusive, realizar um deslocamento mais rápido até a região monitorada.

My Security

Tenha mais comodidade e segurança com este aplicativo. Ele foi projetado para que o cliente final tenha uma resposta mais rápida quando houver uma ocorrência. Além disso, ele também ativa e desativa alarmes; tem acesso às imagens das câmeras de segurança; abertura de ordens de serviço; emite 2ª via de boletos bancários e recebimentos de notificações.